O que fazer se eu for dispensado sem justa causa?

O cálculo seguro desemprego é bem procurado por trabalhadores que acabaram de ser dispensados sem justa causa, afinal, sem o emprego eles precisam ter uma base sobre qual o valor e quantas parcelas vão receber de seguro desemprego para planejar as finanças nos próximos meses.

O seguro desemprego é um direito do trabalhador brasileiro, o mesmo é administrado pelo Ministério do Trabalho, para receber o benefício, é necessário que o trabalhador esteja dentro das novas regras do seguro desemprego, atendendo todos os requisitos.

Como Fazer Cálculo Seguro Desemprego

Se você é um dos trabalhadores que tem direito ao seguro desemprego, pode usar nossa calculadora seguro desemprego como base, lembrando que ela não representa valores exatos, mais é possível chegar bem próximo ao valor do seu benefício.

Para utilizar a calculadora seguro desemprego, o trabalhador precisa informar se já recebeu o benefício nos últimos 16 meses, informar quantas vezes já recebeu o seguro desemprego, os três últimos salários recebidos, a quantidade de meses trabalhado no último emprego e clicar em Calcular Parcelas, Calcular Valor e pronto, o cálculo seguro desemprego será exibido.

Recebeu Seguro Desemprego nos últimos 16 meses?

Sim

Não

Quantas vezes já solicitou o Seguro Desemprego?

Antepenúltimo Salário:

Penúltimo Salário:

Último Salário:

Meses Trabalhados:

Calcular Parcelas

Valor a Receber

Parcelas:

Valor a Receber:

Quantas Parcelas Seguro Desemprego Vou Receber?

Entender o cálculo seguro desemprego é bem simples, a quantidade de parcelas do seguro desemprego varia de 3 a 5 parcelas, o benefício só pode ser solicitado a cada 16 meses, e as parcelas podem ser pagas de forma contínua ou alternada.

De acordo com lei 13.134 de 16 de junho de 2015, os critérios para a quantidade de parcelas do seguro desemprego funcionam da seguinte maneira:

Primeira Solicitação do Seguro Desemprego

  • Receberá 4 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 12 meses e no máximo 23 meses;
  • Receberá 5 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 24 meses;

Segunda Solicitação do Seguro Desemprego

  • Receberá 3 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 9 meses e no máximo 11 meses;
  • Receberá 4 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 12 meses e no máximo 23 meses;
  • Receberá 5 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 24 meses;

A Partir da Terceira Solicitação do Seguro Desemprego

  • Receberá 3 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 6 meses e no máximo 11 meses;
  • Receberá 4 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 12 meses e no máximo 23 meses;
  • Receberá 5 parcelas o trabalhador que comprovar vínculo empregatício de no mínimo 24 meses;

Consulta Seguro Desemprego

Se você já deu entrada no seguro desemprego e deseja saber quando o benefício vai estar disponível para saque, você pode fazer uma consulta seguro desemprego pela internet, o procedimento é muito rápido e prático.

Prazo e Valor do Seguro Desemprego

Vale lembrar que o trabalhador tem o prazo máximo de 120 dias corridos para entrada no benefício, esse prazo começa a contar a partir da data da dispensa.

O valor do benefício não pode ser inferior ao salário mínimo atual, sendo assim, atualmente o valor do seguro desemprego varia entre R$ 880,00 e R$ 1.542, 24.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *